O saldo de novos empreendimentos no Brasil se mostrou positivo no último mês. Segundo balanço divulgado pelo Ministério da Economia, em outubro 231.253 novas empresas foram abertas no país. Os números demonstram uma possibilidade real de retomada rápida da economia, logo após a pandemia da COVID 19 que fez com que muitos empreendedores esperassem por momentos difíceis para o ano de 2020.

Apesar das previsões de queda acentuada na economia, divulgada em março deste ano, outubro chega ao fim com resultados promissores.

No comparativo de empresas que registraram aberturas e encerramento de atividades em outubro, a quantidade de novos empreendimentos abertos supera os que encerram as atividades. Em números, a quantidade de novos negócios é de 320.559, contra os negócios encerrados: 89.306 até o fim do mês de outubro.

Os dados divulgados pelo Mapa de Empresas do Ministério Público, também menciona o estado com maior número de fechamento de empresas. Tocantins foi o estado que registrou maior número de fechamentos de empreendimentos. Em porcentagem, o número de negócios finalizados no estado foi de 19,48%, durante o mês de outubro. Já o Amapá foi o estado que mostrou maior crescimento, marcando alta de 15,62% de crescimento em comparação com o mês de setembro de 2020. Na linha de crescimento, destacam-se também os estados: Mato Grosso + 5,13% e Rondônia + 3,71% de crescimento no tocante a abertura de empresas.

Segundo os dados do Ministério Público, os setores que demonstraram maior crescimento no último mês foram: comércio varejista de bebidas + 4,8%, transporte rodoviário de cargas   + 4,77%, seguido do setor de promoção de vendas + 3,26%. Os dados demonstram um cenário animador para novos empreendedores, e também para a retomada das atividades econômicas, que começam a dar seus primeiros sinais de retorno em forma ascendente.