Segundo dados da FENABRAVE (Federação Nacional Distribuição Veículos Automotores), no mês de julho foram emplacados 174.498 automóveis. O número é um montante que inclui veículos leves, motocicletas, caminhões e ônibus.

O aumento no número de vendas de veículos aquece o mercado automotivo, que esperava queda acentuada durante todo o ano de 2020, decorrente a crise sanitária instalada no país. Tal crescimento pode ser justificado pelo ajuste ao novo normal vivido pelos brasileiros, que começam a se acostumar com a realidade vivida em meio ao período de pandemia.

Além da alta registrada na venda de veículos novos, houve também um número expressivo na venda de veículos seminovos. Segundo dados da FENABRAVE, a venda de veículos seminovos subiu cerca de 53,78% no mês de julho em comparação, com o mês de junho de 2020.  Ao todo foram, 706.386 automóveis vendidos somente em julho no Brasil.

Apesar do crescimento notado no mês de julho, os dados ainda são menores do que os alcançados no mesmo período de 2019. Mesmo assim, as vendas em julho deste ano, podem indicar uma retomada das atividades econômicas no país.

O número de automóveis seminovos vendidos é notável, mas vale lembrar que se tratando de veículos seminovos, vale a pena realizar uma pesquisa veicular antes de efetuar a compra. Na hora de comprar veículos é de máxima importância realizar uma pesquisa que lhe traga informações como: se o veículo possui restrições administrativas; histórico de furto ou roubo; histórico de débitos; verificação se o veículo é oriundo de leilão; e restrição judicial (RENAJUD).

Caso o veículo tenha essas restrições, além de sofrer depreciação, também pode ocorrer o impedimento de transferência, inviabilizando sua comercialização. Por este motivo, a Pesquisa Veicular é de suma importância na hora de checar informações. Realize suas pesquisas veiculares com a Credlocaliza.